CONVICÇÕES PEDAGÓGICAS

A ausência de avaliações formais: Germinação versus avaliação 

Tempo estimado: 25'

Objetivos

 

Os objetivos deste Nano-Curso são: 

  • Promover uma visão crítica sobre a avaliação escolar tradicional.

  • Facilitar o entendimento da proposta de avaliação Vivadí e das virtudes pedagógicas que a acompanham.

Sugerimos que você reveja esses objetivos quando terminar o curso!

Introdução:

Começando do zero

 

Como seres humanos, estamos inclinados a tentar criar um mundo que seja reconhecível, previsível e seguro. É por isso que estabelecemos rituais, costumes e tradições que nos ajudam a criar e a encontrar as condições que nos permitam habitar o planeta terra sem medo. O grande risco que corremos é ter que recorrer a práticas que precisam de constante revisão, crítica e transformação.

A avaliação é uma dessas práticas escolares que, com o tempo, são realizadas com pouca ou nenhuma reflexão. No próximo nano-curso revisaremos a proposta de avaliação Vivadí que, em primeiro lugar, se afasta da visão tradicional porque coloca o instrumento a serviço das crianças, e não as crianças a serviço do instrumento.

 

Harmonia

1-Sente-se numa cadeira (com o encosto reto) ou no chão, de pernas cruzadas.

 

2 - Concentre-se num aspecto da sua respiração, por exemplo nas sensações do ar que fluem pelo nariz e pela boca, ou pela barriga (que sobe e desce quando você inspira e expira).

 

3-Depois de concentrar-se nisso, comece a ampliar o seu foco. Seja consciente dos sons, das sensações e das ideias.

 

4-Abrace e considere cada pensamento ou sensação sem julgá-los como bons ou ruins. Se a sua mente disparar, retome o foco da sua concentração na respiração. Depois, expanda outra vez a sua consciência.

 

Vídeo conceitual

É hora do show

 No próximo vídeo Pablo Doberti, fundador da Vivadí, compartilhará sua visão sobre as avaliações e abordará os seus vícios as virtudes inerentes a esse processo.

Leituras

Ferramentas  para aumentar o conhecimento

 

O texto a seguir foi publicado no renomado site Teachthought.com, que se dedica às questões educacionais. A especialista Sarah Briggs sintetiza, de forma bastante clara, os principais problemas que envolvem provas padronizadas que as quais nossos alunos são submetidos.

 

Frases

Muro das citações

"Prova pra você mesmo, não para os outros."

"Os exames testam a sua memória, a vida testa o seu aprendizado; outros testarão sua paciência." - Fennel Hudson

 "Já tentou. Já falhou. Não importa. Tente novamente. Falhe novamente. Falhe melhor." - Samuel Beckett
 

Apelo à ação

Na hora H

Na próxima vez que você tiver que avaliar os alunos, sugerimos pensar nas seguintes perguntas:

 

Qual é o seu objetivo ao avaliar os alunos nesta fase do processo de aprendizagem?

 

Que porcentagem dos objetivos que você conseguiu atingir estão especificamente relacionados às melhorias do processo de aprendizagem dos seus alunos?

 

Em que medida o instrumento de avaliação constitui um dispositivo de treinamento em vez de uma mera ferramenta de verificação do ensino?

 

Até que ponto as habilidades que você exige aos seus alunos durante a avaliação foram abordadas, trabalhadas e fornecidas no seu programa de ensino (redação, oral, síntese, gerenciamento de tempo etc.)?

 

Resumo

Em poucas palavras

1º Conceito - Se os testes que usamos para medir a aprendizagem dos alunos são inválidos, as inferências que extraímos e as orientações que tomamos deles são totalmente enganosas.

2º Conceito - Você não pode desejar que os alunos se destaquem quando eles são treinados para encaixar.

3º Conceito - Os alunos internalizam o seu desempenho como um valor próprio quando são aprovados nos testes. Os alunos que reprovam (e presenciam o sucesso alheio) internalizam o seu desempenho como falta de valor próprio. Isso pode perdurar durante a carreira educacional ou ser a causa da sua inexistência.

4º Conceito - Testes padronizados ensinam os alunos como seguir as orientações mas não como devem pensar “fora da caixa”.

 

5º Conceito - À medida que o “aprendizado real” fica atrás do “aprendizado com testes”, o programa desafiador é substituído por materiais de múltipla escolha. Os projetos individualizados de aprendizagem desaparecem e a exploração profunda de disciplinas juntamente com as atividades extracurriculares são extraídas do programa.

 

6º Conceito - Para ser contratado pelo Google, Microsoft, BBC News, Universidade de Pequim, Banco da Commonwealth da Austrália, St. Mary's Hospital, Associação Internacional de Mercearias e até pela loja Burger Joint - ou criar um novo emprego daqui a dez anos - os estudantes precisam investir mais tempo no uso de suas habilidades em vez ter essas habilidades constantemente medidas.

 

Auto-avaliação

Se olhando no espelho

Só você vai poder identificar quais foram os conceitos que aprendeu neste Nano-Curso. Chegou a hora da auto-avaliação.

Analise atentamente o desenho. Leia a frase que o professor profere aos animais que estão na sua frente. Agora, sem pressa, tente responder às seguintes perguntas.

Agora volte o foco para a sua experiência e perspectiva como professor:

Acompanhe pelas redes
  • Gris Icono de Instagram
  • Gris Icono de YouTube
  • Gris Facebook Icono

Rua Booker Pittman, 163

Morumbi, São Paulo – SP
CEP: 04711-030

+55 11 94925-5796

contato@vivadi.com.br